quando
me gritar

o grito
maior que mim
me rasga a
voz

mas um
malabarista -

o chão entorta
de bom
de
rodando sim

lembrei que
os urros
e palmas
não falam

quando tu é
sim é eu é
dúvid
é humano

sai luz
colore corpo

precisava dizer
(precisava lembrar)

a gente
é menos
sozinho

quando canta

Um comentário:

A. disse...

pros todos que

segurando mais
cor que mão